Concurso 2019

Após um período em que esteve voltada a questões internas e de reestruturação, a Academia de Letras e Artes de Paranavaí ressurge neste ano de 2019 com a terceira edição do Concurso ALAP “Paranavaí Literária”, tendo como tema a violência familiar e doméstica, conforme regulamento.

Nesta nova edição, a Academia decidiu pelo retorno da categoria crônica, cujos trabalhos, assim como na modalidade poema temático, deverão observar o tema proposto.

Acreditamos que este seja um momento importantíssimo para a ALAP, inclusive quanto às pendências relativas às edições anteriores do concurso, a exemplo da coletânea da segunda edição, prevista para o segundo semestre.

Neste sentido, conclamamos a todos os autores que participaram das primeiras edições que nos contatem, a fim de que possamos informar melhor a respeito.

Quanto à nova edição, esperamos a participação de todos e que nos ajudem a divulgar. O tema é de fundamental importância, e o concurso visa dar sua contribuição para que as transformações ocorram e a paz prevaleça em todos os ambientes, especialmente o familiar e doméstico.

RESULTADO DO CONCURSO 2019

Leia o Regulamento neste site

Leia o Regulamento na página do concurso no Facebook

Baixe o regulamento em PDF

INSCRIÇÕES ENCERRADAS!

A Academia de Letras e Artes de Paranavaí agradece aos autores que escolheram prestigiar o III Concurso ALAP “Paranavaí Literária” e dele participar. Sua contribuição é valiosa.

Conforme item 7.1 do regulamento, os resultados serão divulgados neste endereço e nas redes sociais no dia 10 de outubro de 2019, alusivo ao Dia Nacional de Luta contra a Violência à Mulher.

Boa sorte a todos!

Atualização realizada em 28/08/2019:

De pleno êxito a terceira edição do Concurso ALAP “Paranavaí Literária”, com o recebimento de 663 (seiscentos e sessenta e três) inscrições realizadas em 24 (vinte e quatro) estados, além do Distrito Federal e do Japão, provenientes de 359 autores.

São Paulo foi o estado com o maior número de autores inscritos (106), seguido pelo Paraná (50), Rio de Janeiro (39), Minas Gerais (37), Bahia (26), Rio Grande do Sul (18) e Distrito Federal (15). Nos demais estados houve número inferior a dez inscritos, e apenas no Amazonas e no Piauí não foram realizadas inscrições.

Do total de trabalhos inscritos (663), foram 230 microcontos, 207 poemas temáticos, 121 crônicas e 105 haicais, que já estão em mãos da Comissão Julgadora.