Patronos

A composição da Academia de Letras e Artes de Paranavaí é de trinta membros titulares, denominados acadêmicos, dos quais vinte, pelo menos, residentes e domiciliados na cidade de Paranavaí, e os demais podendo residir nas cidades que compõem a microrregião de Paranavaí, no Noroeste do Estado do Paraná.

Podem concorrer a uma cadeira de membro titular da Academia os brasileiros que, por suas obras ou por sua destacada atuação em favor da cultura artístico-literária, sejam considerados personalidades de expressão na vida cultural, na forma prevista no estatuto.

Aos membros titulares é assegurada a vitaliciedade, ressalvada a exclusão na forma da lei civil e nas hipóteses previstas no estatuto.

Cada cadeira da Academia corresponde a um patrono, cuja escolha caberá ao primeiro ocupante, dentre os brasileiros já falecidos que tenham contribuído com sua obra para o engrandecimento da cultura local, regional ou nacional, através do cultivo, da promoção, da preservação e da divulgação do vernáculo, da literatura e das artes.

São patronos da Academia de Letras e Artes de Paranavaí:

Cadeira 01 – Érico Veríssimo

Cadeira 02 – Sérgio Rubens Sossélla

Cadeira 03 – Altino Afonso Costa

Cadeira 04 – Paulo Leminski

Cadeira 05 – Joaquim Mattoso Câmara Júnior

Cadeira 06 – Orígenes Lessa

Cadeira 07 – Mário Quintana

Cadeira 08 – Carlo Cagnani

Cadeira 09 – Pontes de Miranda

Cadeira 10 – Cecília Meireles

Cadeira 11 – Menotti Del Picchia

Cadeira 12 – Moacyr Jaime Scliar

Cadeira 13 – Henrique Cláudio de Lima Vaz

Cadeira 14 – Carlos Drummond de Andrade

Cadeira 15 – Álvares de Azevedo

Cadeira 16 – Antonio Facci

Cadeira 17 – Monteiro Lobato

Cadeira 18 – José Mauro de Vasconcelos

Cadeira 19 – Caio Fernando Abreu

As cadeiras 20 a 30 estão vagas, cujos patronos serão definidos pelos acadêmicos para as quais forem eleitos.