Nota Pública

Registro fotográfico da visita feita pelo Presidente da Academia de Letras e Artes de Paranavaí, José Aparecido Cauneto, ao Instituto Federal do Paraná (IFPR), Campus Paranavaí, sendo recebido pelo Diretor Geral, Professor José Barbosa Dias Junior, ocasião em que houve a entrega de via impressa da nota pública emitida pela ALAP em defesa daquela instituição de ensino, abaixo reproduzida:

Nota Pública

A Academia de Letras e Artes de Paranavaí vem a público manifestar-se em defesa do Instituto Federal do Paraná (IFPR), campus de Paranavaí, que recentemente foi atingido por medida restritiva do Ministério da Educação que contingenciou parcela de seu orçamento.

O Instituto Federal do Paraná foi criado em 2008 e o campus de Paranavaí inaugurado em 2010. Após dez anos, são oferecidos à comunidade paranavaiense: quatro (4) cursos técnicos integrados ao ensino médio; três (3) cursos técnicos subsequentes, sendo dois (2) na modalidade de ensino à distância (EAD); quatro (4) cursos superiores; e três (3) cursos de pós-graduação.

Conforme nota divulgada pela reitoria da instituição, o impacto do contingenciamento orçamentário no IFPR ultrapassa R$ 20 milhões. Deste valor, aproximadamente R$ 667.370,00 (seiscentos e sessenta e sete mil e trezentos e setenta reais) se referem ao orçamento da unidade de Paranavaí, o que poderá comprometer o custeio das despesas de funcionamento do campus a partir do mês de setembro.

Acreditamos que a atuação do Diretor Geral do IFPR, respaldada pelos demais diretores e auxiliares da Diretoria de Planejamento e Administração e da Diretoria de Ensino, Pesquisa e Extensão, junto à Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica do Ministério da Educação e demais órgãos do Governo Federal, será de pleno êxito na reversão da medida restritiva e liberação dos recursos orçados, necessários ao bom funcionamento da unidade de ensino instalada nesta cidade, evitando-se assim qualquer eventual prejuízo à comunidade acadêmica e à sociedade de Paranavaí e região noroeste do Paraná.

Esta manifestação de apoio à IFPR, campus de Paranavaí, não representa necessariamente oposição aos atos de governo praticados pelos agentes aos quais compete administrar as questões de interesse público, e cujas competências decorrem de pleito eleitoral. Portanto, há legitimidade nas ações de governo, das quais se pode discordar, o que sói acontecer nas democracias.

Não cabe a esta entidade cultural, obviamente, questionar as razões técnicas ou políticas consideradas pelo Governo Federal para a decisão tomada. Ao menos, neste momento. Ressalva-se, contudo, a cada membro da Academia, no exercício de sua cidadania, o direito de posicionar-se livremente sobre o tema, na forma assegurada pelos preceitos da Constituição da República.

A esta entidade cultural, representativa do anseio de seus componentes, cabe neste momento apenas a manifestação de apoio à instituição que, ao longo de uma década, proporciona conhecimento e formação a milhares de jovens que buscam na educação profissional e tecnológica graciosamente oferecida, em diferentes modalidades e níveis de ensino, uma oportunidade ímpar para alcançar a realização de seus sonhos.

Às Diretorias do Instituto Federal do Paraná, campus de Paranavaí, a Academia de Letras e Artes de Paranavaí manifesta seu apoio e votos de que seu trabalho à frente de tão relevante instituição de ensino seja profícuo e atenda às expectativas de todos os estudantes que buscam, com desvelo, assento em seus bancos escolares no afã de suas conquistas pessoais.

Paranavaí, 7 de maio de 2019.

José Aparecido Cauneto
Presidente da ALAP

Esta entrada foi publicada em Academia. Adicione o link permanente aos seus favoritos.